sexta-feira, 14 de março de 2008

O que a Bíblia diz sobre ser gordo sobre glutonaria?

Sei que o assunto pode causar polêmica, mas vamos refletir !

O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE SER GORDO, GORDURA E GLUTONARIA ?
Muitos crentes hoje em dia passam por esse questionamento: “É pecado ser gordo ?” Muitos não tem a resposta para tal questionamento. Sabemos que muitas pessoas que são obesas, tem uma causa biológica ou patológica, pois sofrem de doenças que causam obesidade, mesmo que a pessoa não come muito. Mas muitos outros, são “gordinhos” porque comem sempre o que gostam e comem muito, além de sua fome, para saciar sua vontade de comer. Comem “com os olhos não com o estômago”. E isso é algo que devemos refletir na vida espiritual de um servo de Deus.
Esse não é um assunto muito agradável de se tratar. Os crentes, como os incrédulos, gostam de se reunir e passar tempo conversando e tendo comunhão entre si. Os pecadores recorrem à bebida para que tais encontros se completem. Já os crentes, não bebem, mas comem. A refeição em si não é o problema. Mas o problema é que todo o tipo de reunião cristã, torna-se um motivo de comer bastante guloseimas e salgados , regados a muito refrigerante alimentos prejudiciais a saúde.
Nosso objetivo aqui neste estudo não é causar pânico para os momentos de refeição dos crentes, mas colocar um alerta para todos os filhos de Deus a terem moderação em todas as coisas (Fp.4:5) e que deve ser conhecida por todos.

Nos tempos do Antigo Testamento, ser gordo era sinal de sucesso pessoal (Dt.31:20; Pv.15:30; Jr.5:28).
Para um povo a quem ter o bastante para comer era um problema constante, a gordura era sinal de abundância. É fácil ver porque a gordura era um símbolo freqüente de excelência e desejo no Antigo testamento. Os espias foram enviados a Canaã para ver se a terra era fértil, “gorda” (Nm.13:20) ou estéril.

Glutão – Pessoa que comete excessos quanto a seus hábitos alimentares. A glutonaria é mais do que comer em demasia. Em sua associação com a embriaguez, descreve uma vida entregue aos excessos (Pv.23:21; Dt.21:20).

Os dicionários associam a palavra “glutão” à palavra “guloso” que significa “viciado em comida”. E como todo vicio não é bom, o vício em comer também deve ser observado como um problema e também deve ser tratado como um problema físico e espiritual.

Vejamos os versículos na Bíblia que falam sobre o assunto e vejamos qual a visão de Deus sobre a questão de ser gordo, glutão e cometer excessos na comida:
Dt.31:20 – “Quando eu tiver introduzido o meu povo na terra que mana leite e mel, a qual, sob juramento, prometi a seus pais, e, tendo ele COMIDO, e se FARTADO, e ENGORDADO, e houver tornado a outros DEUSES, e os houver servido, e ME IRRITADO, e anulado a minha aliança;” (grifo meu)
O fato do homem ter engordado, significa que ele tenha irritado a Deus, colocando a comida ou sua apreciação pela comida como outros deuses e servindo a esses deuses ? O fato é que depois de terem comido, se fartado e engordado, ele se voltaram a outros deuses, irritando a Deus. Lembrando que ser gordo nessa época era sinal de sucesso. Queriam parecer bem sucedidos aos olhos humanos mas estavam irritando a Deus com seus excessos.

Jz.3:17-22 – “Levou o tributo a Eglom, rei dos moabitas; era EGLOM HOMEM GORDO. Tendo entregado o tributo, despediu a gente que o trouxera e saiu com ela. Porém voltou do ponto em que estavam as imagens de escultura ao pé de Gilgal e disse ao rei: Tenho uma palavra secreta a dizer-te, ó rei. O rei disse: Cala-te. Então, todos os que lhe assistiam saíram de sua presença. Eúde entrou numa sala de verão, que o rei tinha só para si, onde estava assentado, e disse: Tenho a dizer-te uma palavra de Deus. E Eglom se levantou da cadeira. Então, Eúde, estendendo a mão esquerda, puxou o seu punhal do lado direito e lho cravou no ventre, de tal maneira que entrou também o cabo com a lâmina, e, porque não o retirou do ventre, a gordura se fechou sobre ele;”
Eglom era homem gordo e pagão. Deus levantou o juiz no meio do povo de Israel para o matar e livrar Israel de sua opressão.

Pv.23:2 – “mete uma faca na garganta se és homem glutão”
Os versículos de 1 a 3 relatam o modo de proceder à mesa. Essa hipérbole mostra que a glutonaria deve ser evitada a todo custo e se necessário por meios extremos. É melhor deixar o vício da comida do que morrer. Esse é o conselho do sábio.

Pv.3:20,21 – “Não estejas entre os bebedores de vinho e os comilões de carne. Porque o beberrão e o comilão caem em pobreza; e a sonolência vestirá de trapos o homem.”
O glutão e o beberrão são péssima companhia e o sábio nos aconselha a não estar entre eles. A consequência de seus excessos são pobreza e sonolência que o fará se vestir de trapos.

Is.10:16 – “Pelo que o Senhor, o Senhor dos Exércitos, enviará a tísica contra os seus homens, TODOS GORDOS, e debaixo da sua glória acenderá uma queima, como a queima de fogo.”
Deus iria punir os assírios enviando sobre eles a tísica (tuberculose pulmonar); uma característica desses homens maus eram que eles eram “todos gordos”. Deus puni-los por seus pecados.

Jr.5:26-29 – “Porque entre o meu povo se acham perversos; cada um anda espiando, como espreitam os passarinheiros; como eles, dispõem armadilhas e prendem os homens. Como a gaiola cheia de pássaros, são as suas casas cheias de fraude; por isso, se tornaram poderosos e enriqueceram. ENGORDAM, tornam-se nédios e ultrapassam até os feitos dos malignos; não defendem a causa, a causa dos órfãos, para que prospere; nem julgam o direito dos necessitados. NÃO CASTIGARIA EU ESTAS COISAS ? – diz o Senhor dos Exércitos; NÃO ME VINGARIA EU DE NAÇÃO COMO ESTA ?”
Um dos pecados que Judá estava cometendo era engordar (vs.28) e Deus pergunta no vs. 29 se ele não castigaria estes pecados.

Gl.5:21 – “invejas, bebedices, GLUTONARIAS e semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora vos preveni, que NÃO HERDARÃO O REINO DE DEUS OS QUE TAIS COISAS PRATICAM.”
O glutão não pode herdar o reino de Deus enquanto continua no seu pecado.

Tt.1:12 – “Foi mesmo, dentre eles, um seu profeta, que disse: Cretenses, sempre mentirosos, feras terríveis, ventres preguiçosos.”
Os falsos mestres cretenses tinham a fama de “ventres preguiçosos”, no grego: “glutão”. Epimênides disse isso no século VI a.C.

Talvez você agora possa estar dizendo as mesmas palavras que os seguidores de Cristo após ouvirem que deveriam buscar a Ele e não os pães e peixes: “Duro é este discurso; quem o pode ouvir?” (Jo.6:60)


Conclusão:
Deus não julga a comida pecado. E nem espera que possamos depender dela pra nossa alegria e felicidade. Deus não espera de nós glutonaria, mas sim moderação.
Rm.12:3 – “Porque, pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, segundo a medida da fé que Deus repartiu a cada um.”
2 Tm.1:7 – “Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação.”
Fp.4:5 – “Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor.”

Moderação – É auto-controle, domínio próprio, disposição que não é propensa a impulsos repentinos ou excessos.
Embora o termo raramente ocorra na Bíblia, o conceito de moderação é comum. Os fariseus não eram moderados. Jesus os descreveu dizendo: “Coais o mosquito e engolis o camelo.” (Mt.23:24). Eles davam ênfase a aspectos menores da lei, mas deixavam de lado as questões mais importantes.
Ao contrário deles, os crentes em Cristo devem ser moderados em todas as coisas e áreas da vida.

Vamos praticar Fp.4:5 e encarar o desafio de fazer nossa moderação no comer ser conhecida de todos os homens.

8 comentários:

maria da costa disse...

Deus abençoe por ese esclarecimento!daqui p frent quero me libertar desse pecado1que eu nem sabia!alias o quanto ofende a DEUS que eu amo

Raul disse...

comer muito realmente faz mal a saúde e pode produzir a obesidade,porém uma coisa que eu sempre falei aos meus irmãos em Cristo mais chegados que estão com tal obesidade,pare de beber refrigerante,o refrigerante seja ele qual for produz gorduras que dificilmente possam ser combatidas com exercicios fisicos,consequentemente terão que passar por avaliações médicas e ai começa o maior perigo,tomar remédios para combater obesidade,pode tornar-se mais viciado em remédios.

Raul disse...

evitar carboidratos é evitar obesidade.Nunca misturar caiboidratos,tais como arroz,batata,macarrão e outros.

vanusa disse...

obrigado,é sempre bom receber palavras que fluem do tono do eterno,essa é pra mim,e creio que minha vida jamais será a mesma,a verdade dói mais liberta,aleluia.
Pai agradeço por usar teu servo com tanta autoridade tua palavra vem sobre nós abençoando ricamente e libertando profundamente,esconde a ele e sua família dos inimigos,prospere sua vida pessoal e seu ministério na maior medida.NO NOME DE JESUS TE PEÇO.AMEM

Adriana disse...


Venho através deste agradecer-lhe pela disposição, ousadia e fidelidade à palavra de Deus ao tratar de um assunto tão presente entre nós cristãos. Seu artigo despertou em mim uma necessidade urgente de arrependimento e mudança de direção. Obrigada e desejo que Deus lhe abençoe e continue lhe usando para libertar os cativos.

Heleno Souza disse...

Pastor Paz seja contigo.
Meu nome é Heleno Souza e sou de Jundiaí.
Esse é exatamente o que eu estava procurando sobre o assunto.
Eu não sou um comilão mais as vezes eu exagero um pouco.
A partir de hoje vou agir de acordo com o seu ensinamento.
Conforme a Palavra de DEUS?

Obrigado.

kelly Bonelar disse...

Olá Pastor Ricardo Costa! Eu gostaria de saber se é glutonaria ir a rodízios. E por que? ? Qual a sua visão para essa pergunta? Obrigado!

Anônimo disse...

Não é Pv.3:20:21 e sim Pv.23:20:21